Heavenly Heavenly !..

A verdade? A verdade não é religião e não é o que fundamenta a ética, por sua vez imbuída de conceitualizações, justas e injustas. E sim, é verdade que o Altíssimo Senhor Deus, em Cristo Jesus, pelo Espírito do SENHOR, não tem nenhum vínculo com religião alguma, tampouco com o ecumenismo e a paz mundial que muitas pessoas pensam estar construindo. A verdade não é religião, tampouco a religião é a união pelo amor da verdade. Ao contrário, é a união pelo amor da mentira. As comprovações desta verdade? Todas as injustiças com suas inverdades. .◦◦◦ ◦ ◦ ◦::.

Translate

Estudo do Apocalipse [texto047] A majestade do Altíssimo

..... ◦ ◦ ◦  ◦ ◦◦ ◦ 

ESTUDO DO APOCALIPSE    A majestade do Altíssimo   _texto 047



No livro de Apocalipse, João descreve o que está ao redor e o que sai do trono, mas parece temer falar o nome de Deus e descrever a Sua aparência. Em vez disso, diz surpreendido "e, no trono, alguém sentado", como se emudecesse diante da visão indescritível da Autoridade Suprema de todo o universo.
João não pode descrever a Pessoa de Deus, mas, na sua visão, ele O assemelha ao jaspe e ao sardônio: "e esse que se acha assentado é semelhante, no aspecto, a pedra de jaspe e de sardônio..." (Apocalipse 4.3).

A pedra de jaspe, segundo Apocalipse 21.11, é cristalina e preciosíssima; e a de sardônio é vermelha como o sangue. Há muitas interpretações conjecturais sobre este assunto, porém é bom salientar que foi impossível para o apóstolo relatar com palavras a face de Deus.
João apenas teve condições de mostrar uma ideia da grandeza e majestade do Altíssimo. O próprio Senhor Deus já havia dito a Moisés: "... Não me poderás ver a face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá" (Êxodo 33.20).
Acreditamos que o Senhor Jesus queria deixar bem claro para o Seu servo a figura da Autoridade Suprema dos Céus e de todo o universo, e não a fisionomia clara e transparente do Seu Pai. Por isso, o aspecto d'Aquele que Se acha no trono apocalíptico é algo apenas semelhante, mas não igual a Deus.
Alguns estudiosos do livro do Apocalipse acreditam que o Senhor Jesus Cristo é Quem está assentado no trono, tendo em vista a representação das pedras de jaspe e sardônio.
A justificativa é que segundo Êxodo 28.15 -21, no peitoral do sumo sacerdote havia doze pedras preciosas, arrumadas em quatro fileiras, e dentre elas estavam a de jaspe e a de sardônio.
Cada uma das pedras representava uma tribo de Israel. A de sardônio, cuja cor é vermelha como sangue, tinha o nome de Rúben, o primogênito de Israel. Por isso, representa o Senhor Jesus, o Primogênito de toda a Criação (Colossenses 1.15), e o derramamento do Seu sangue no Calvário, em favor da humanidade.

A pedra de jaspe, clara e transparente, era a última e nela estava gravado o nome de Benjamim, a última das tribos de Israel. Assim, ambas simbolizam a Pessoa do Senhor Jesus, que é o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último.
Tais estudiosos alegam ainda que assim como o sardônio representa a expiação da primeira vinda do Senhor, jaspe, a pedra clara e transparente, representa a vitória sobre o diabo, ou seja, a segunda vinda do Senhor Jesus.
O arco  foi o sinal da aliança entre Deus e Noé, logo após o dilúvio. Deus prometeu a Noé:
"então, me lembrarei da minha aliança, firmada entre mim e vós e todos os seres viventes de toda carne; e as águas não mais se tornarão em dilúvio para destruir toda carne. O arco estará nas nuvens; vê-lo-ei e me lembrarei da aliança eterna entre Deus e todos os seres viventes de toda carne que há sobre a terra." Gênesis 9.15,16.
No Apocalipse, o arco é um sinal contínuo ao redor do trono de Deus, como que para lembrá- Lo da gloriosa e eterna aliança com aquele que, com fé, aceita o Seu Filho como Senhor e Salvador.


..... ◦ ◦ ◦  ◦ ◦◦ ◦

Observações por:   Blog Heavenly Heavenly

Não há lugar habitável para aquele
 que despreza o Autor de seu existir.
"Por que razão despreza o ímpio a Deus, dizendo 
no seu íntimo que Deus não se importa?"
 [SALMOS 10: 13].
... ◦ ◦ ◦  ◦ ◦◦ ◦
..... ◦ ◦ ◦  ◦ ◦◦ ◦ 






... ◦ ◦ ◦  ◦ ◦◦ ◦Livro - Estudo do Apocalipse 
http://www.arcacenter.com.br/livros/estudos-biblicos/estudo-do-apocalipse-volume-unico.html
..... ◦ ◦ ◦  ◦ ◦◦ ◦ 

A 7ª Semana!.. Elos de Orações [Liberdade]

... ◦ ◦ ◦◦ ◦ ◦

 ... ◦ ◦ ◦  ◦ ◦◦ ◦Instruções


 01.9 a 07.9.2013!..... ◦ ◦ ◦  ◦ ◦◦ ◦


A 7ª Semana!..

Liberdade 

Hoje é o início da sétima semana de Elos de Orações, felizmente!.. E importa vivermos o que confessamos crer. Nisto consiste a liberdade do alto, a liberdade que todo aquele que n'Ele crê, tem o direito, de possuir em seu viver. Observemos atenciosamente, estas palavras: 


“Mas aquele que considera, atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no que realizar.” [TIAGO 1:25].

“Se alguém supõe ser religioso, deixando de refrear a língua, antes, enganando o próprio coração, a sua religião é vã.” [TIAGO 1:26].

Observemos cuidadosamente, estas verdades eternas: 

“A religião pura e sem mácula, para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo.” [TIAGO 1:27].


A palavra religião diz respeito ao que vem a ser a essência de uma confissão de crença. Portanto, religião alguma que há na face da Terra tem valor para o Deus Pai. Porque, a confissão de fé no Altíssimo possui um valor que está acima de atos caridosos e acima de condutas de santidade e doutrinas religiosas e de adoração ao que ao SENHOR, é abominável. Sim, abominável porque destitui a própria essência da verdadeira confissão de fé. Pois o Autor e o Consumador da fé, é o Senhor Jesus Cristo. Ou seja, ao que anseia por uma religião pura e sem mácula, seja verdadeiro e íntegro para com o SENHOR, na lei da liberdade. Como, de fato, está escrito: 

“Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão.” [2 GÁLATAS 5: 1].


É necessário mais, muito mais do que mostrar uma participação em algo concernente à fé, é necessário que haja em nós a verdadeira liberdade e vivamos, na lei da liberdade, visto que, com o coração se crê e com a boca, se confessa. Pois a verdadeira liberdade nos permite ser íntegros, reais. E o que é a verdadeira liberdade? Observemos: 

“Ora, o Senhor é o Espírito; e, onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.” [2 CORÍNTIOS 3: 17].







"Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Porque com o coração se crê e com a boca se confessa a respeito da salvação. Porquanto a Escritura diz:
Todo aquele que nele crê não será confundido."

[ROMANOS 10: 9-11]



... ◦ ◦ ◦◦ ◦ ◦ ◦◦